Erva-de-passarinho, planta parasita - Struthanthus flexicaulis

Erva-de-passarinho, planta parasita - Struthanthus flexicaulis
Sementes de erva-de-passarinho - Struthanthus flexicaulis

Lá estava eu, olhando a aceroleira pela janela, quando percebi que um de seus galhos era muito diferente dos demais. Desconfiada, cheguei mais perto para ver se era apenas uma brotação mais jovem e percebi que além da folhagem diferenciada, a forma com que o tal galho se unia ao troco também era bem diferente dos galhos naturais.

Numa pesquisa rápida pela internet logo vi que se tratava da tal "Erva-de-passarinho", uma planta parasita que se faz passar pelos galhos naturais de outra planta para "roubar" seus nutrientes e podendo inclusive até matar a planta hospedeira.

Erva-de-passarinho, planta parasita - Struthanthus flexicaulis
Erva-de-passarinho, planta parasita - Struthanthus flexicaulis

As sementes da "Erva-de-passarinho" estão nas fezes dos pássaros e daí seu nome popular. Meu jardim recebe diariamente a visita de várias espécies de passarinhos, então fica quase impossível dizer qual deles é responsável pela propagação dessa praga. Mas ainda assim, essa informação seria apenas a título de curiosidade porque não tenho intenção alguma de dificultar o acesso das aves ao jardim. Muito pelo contrário, estou sempre trazendo novas espécies de plantas e fico muito feliz quando uma nova espécie de pássaro também chega ao jardim.

Erva-de-passarinho germinando
Erva-de-passarinho germinando

O controle da erva é bem simples, basta destacar ou cortar o galho enxertado. Em alguns casos, como na foto acima basta retirar as sementes e descartá-las. Elas germinam com facilidade mais não vingam tão fácil. Por falar nas sementes, eu sempre as via germinando aqui no jardim, mas não fazia a mínima ideia do que se tratava. As vezes imaginava que poderia ser de uma frutífera trazida pelos passarinhos mas jamais que se trataria de uma planta daninha.

Por falar em plantas trazidas por passarinhos, me lembrei da minha framboesa-negra, essa sim foi um verdadeiro presente, trazida provavelmente pelos Sabiás. Se você ainda não viu essa história, pode conferir depois clicando aqui.

Erva-de-passarinho, planta parasita
Erva-de-passarinho, planta parasita

Na foto acima, podemos observar o detalhe da planta tentado se passar pelo galho da aceroleira. Notem que na base do galho também nasce uma espécie de raiz. Essa raiz vai se desenvolvendo e se enrolando ao redor da planta hospedeira. Aqui ela não chegou nesse ponto, mas nas pesquisas que fiz na internet vi várias fotos da raiz já bem desenvolvida. Por hoje é só, sejam bem-vindos e até o próximo post!

Continue lendo para saber mais sobre:
Siga o Jardinet nas redes sociais e fique por dentro das novidades com várias dicas de cultivo!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...