Dicas de cultivo da pimenta chapéu de bispo - Cambuci

Pimenta Cambuci

Quando olho para essa pimenta, uma ótima lembrança vem à minha cabeça, a tampa da panela se abrindo e aquele aroma maravilhoso tomando conta de toda a cozinha. É assim que lembro dela e hoje compartilho com vocês as dicas de cultivo desta bela espécie. 

Até a formação das flores não tive qualquer problema com o cultivo. Muito pelo contrário, ela se mostrou uma espécie rústica e de fácil cultivo. A forma que usei para a germinação desta espécie, que inclusive veio lá do Saberes do Jardim, é a mesma que uso para as outras pimenteiras e já compartilhei aqui no blog. Para ver o passo-a-passo do cultivo desde as sementes clique aqui.

Floração da pimenta Cambuci

Como mencionei anteriormente, até a formação das flores correu tudo bem, mas então apareceu o primeiro problema com o cultivo. Os frutos mal se formavam no centro da flor e já começavam a cair, problema que foi resolvido com o uso do "combo" húmus de minhoca + cinzas diluído na água das regas. 

Para ver o post completo com todos os detalhes da preparação e aplicação do "combo" clique aqui.

Cambuci

No mais, como disse no início do post, ela é bem rústica no cultivo. Cultivei num vaso de 5 l, com terra rica em matéria orgânica e bem drenável. As regas, como o plantio foi feito num período de pouca chuva, aconteciam quase que diariamente. Como regra geral, regue sempre que a superfície do substrato estiver seca, e evite deixar que a água escorra muito pelos furos de drenagem do vaso. Essa prática "lava" os nutrientes do substrato.

Já o sol, elas recebem de maneira filtrada pelas folhas de um mamoeiro. Embora as pimentas sejam plantas que gostem de muito sol no cultivo, o fato do clima em minha região ser quente e seco, exigiu essa medida. Aliás, tenho feito isso com a grande maioria das plantas que estão em vasos no jardim. Mas notem que embora o sol seja filtrado, elas recebem sol praticamente o dia inteiro. Se você mora em local onde a incidência de sol é menor, o melhor mesmo é deixar que pegue sol direto. 

Chapéu de bispo

Para o cultivo da pimenta, eu indicaria no mínimo 4 horas de sol por dia, menos do que isso e ela pode apresentar problemas tanto no desenvolvimento como no aumento da incidência de pragas e doenças. E por falar nisso, vou deixar o link onde falo do uso do enxofre no controle do ácaro que vocês podem acessar clicando aqui.

Continue lendo para saber mais sobre:


Siga o Jardinet nas redes sociais e fique por dentro das novidades com várias dicas de cultivo!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...