Como cuidar de tomilho em vaso semi-irrigável anti-mosquito

Tomilho-limão - Auto irrigavel - Autoirrigavel
Tomilho-limão

Sempre cultivei tomilho aqui no jardim, mas com o tempo eles iam perdendo o vigor ao ponto de eu sempre ter que refazer o plantio. Eu chegava a adubar e replantar num vaso maior mas as melhoras não se mantinham por muito tempo.

Foi então que tive a ideia de acoplar o vaso ao fundo de uma garrafa PET. A ideia era que o substrato ficasse úmido por mais tempo. O tradicional pratinho poderia fazer esse papel, mas por conta do problema da dengue, usei a PET. Outro detalhe é que no caso do pratinho, o vaso ficaria submerso, e acoplado na PET ele receberia apenas a água que evapora do compartimento.

Vaso semi-irrigável anti-mosquito

E o mais interessante é que eu sempre tinha ouvido falar que o tomilho prefere solos mais secos, mas como eu já não sabia mais o que fazer para manter o meu tomilho bonito, resolvi fazer o teste.

E para minha surpresa, ele começou a se desenvolver plenamente. Na primeira foto do post, vocês podem ver a diferença entre o vaso que deixei acoplado na PET e o da direita que ficou sem o "fundo" reserva. Outro detalhe importante é que eu sempre rego os dois nos mesmos dias e com a mesma quantidade de água

Tomilho-limão

Mas cuidado, a ideia não é de forma alguma deixar o substrato encharcado! Entre uma rega e outra a superfície sempre começava a secar

Outro detalhe importante também é observar o clima de sua região. Se o clima for chuvoso e a umidade do ar elevada esse cuidado provavelmente será dispensado.

Tomilho-limão

Para o substrato geralmente uso duas partes de terra comum de jardim para uma de matéria orgânica. A frequência das regas depende do clima, no tempo da seca rego diariamente, mas com pouca água.

O sol, como a maioria das plantas em vasos recebe aqui do jardim, é filtrado pelas árvores. Como o clima aqui é quente e seco, esse procedimento foi uma peça chave para o sucesso no cultivo. Aqui, as únicas espécies que suportam o sol pleno são as arbóreas.

A multiplicação, pelo menos no caso do tomilho-limão, sempre faço por divisão das touceiras enraizadas. O meu exemplar nunca produziu sementes como o tomilho tradicional.

E por fim, para a adubação indico o húmus de minhoca. Ele é considerado um dos mais completos para as nossas plantas, é orgânico e totalmente seguro. Para ver mais detalhes sobre o húmus clique aqui.

Continue lendo para saber mais sobre:


Siga o Jardinet nas redes sociais e fique por dentro das novidades com várias dicas de cultivo!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...