Como cultivar Pitaia - Dragon Fruit

Pitaia - Dragon Fruit
Pitaia - Dragon Fruit

Vamos aprender a cultivar a Pitaia, fruta de sabor exótico e muitos benefícios à nossa saúde!

Para as dicas de cultivo, conversei com a produtora Ariane Pompermayer, ela tem um plantio de Pitaia no Espírito Santo e passou todas as dicas para quem deseja cultivar essa preciosidade na horta e no jardim!

Plantio de Pitaia - Tutoramento

A melhor forma de conseguir uma muda de Pitaia é através da estaquia. As mudas feitas através desse método são idênticas à planta de origem e frutificam bem mais rápido, em cerca de 1 ano e meio. Para as estacas você pode utilizar galhos de 30 cm e regar o substrato três vezes por semana. As mudas também podem pegar sol ainda nesse período.

Por se tratar de uma epífita e crescer sobre as outras plantas, deve ser tutorada desde o início do cultivo. Já o solo, deve ser bem drenado, rico em matéria orgânica e regado no máximo 3 vezes por semana durante o primeiro ano do cultivo. Se as chuvas estiverem muito constantes não precisa regar.

Plantio de Pitaia
Pitaia

As flores da Pitaia só se abrem no período noturno e a polinização que acontece naturalmente por ação dos insetos também pode ser feita manualmente. Fazer a polinização cruzada, entre as espécies branca e vermelha, também resulta em frutas ainda melhores.
 
A espécie deve ser cultivada sob sol pleno e chega à alcançar 8 m de altura. A frutificação acontece nos meses de janeiro à abril e a melhor época para começar o cultivo é no mês setembro ou outubro. 

Na adubação podem ser usados 10 kg de esterco bem curtido ou composto orgânico, 200 g de cinzas de madeira ou 200 g calcário e 5 g de NPK na formulação 10-04-06. Para ver o artigo com dicas de uso do esterco bovino clique aqui.
 
Continue lendo para saber mais sobre:


Siga o Jardinet nas redes sociais e fique por dentro das novidades com várias dicas de cultivo!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...