Dicas para fotografar beija-flores

Como fotografar beija-flores
Beija-flor-de-orelha-violeta

Uma das aves mais difíceis de serem fotografadas, os beija-flores são velozes e belíssimos, então vale a pena o esforço.

Dicas que vão ajudar à fotografá-los:

1 - Procurar lugares onde hajam espécies floríferas atrativas. Podem ser bosques, trilhas, parques e jardins espalhados pela cidade ou mesmo no seu próprio jardim.

2 - Observar os hábitos dos beija-flores. Algumas espécies floríferas tem horário certo para desabrocharem e os beija-flores sabem disso, no meu jardim por exemplo, já percebi que suas visitas são mais frequentes no horário em que desabrocham as flores do maracujazeiro, que é depois do meio-dia. Alguns beija-flores também só aparecem na parte da manhã. Outro hábito que observei é que eles pousam num determinado ponto perto da planta da qual se alimentaram e minutos depois voltam na espécie novamente. Ás vezes fazem isso repetidamente. Algumas espécies de beija-flores são tão dóceis que pousam perto das pessoas, o "Tesoura" é uma dessas espécies, parece até que gosta de ser fotografado!

3 - Observar os sons que eles emitem. Muitas vezes consegui fotografá-los justamente após ouvi-los, quando não tenho tempo para ficar esperando no jardim me guio pelos sons e sempre dá certo. Depois que eles chegam dependo da quantidade de plantas no local ele pode ficar por um bom tempo. Os sons inclusive indicam qual é a espécie de beija-flor que está no jardim.

4 - Equipamento de qualidade. Uma coisa é fotografar imagens estáticas e escolher inclusive o horário para tirar o melhor proveito da luz e "ajudar" o equipamento. Outra coisa é fotografar pássaros velozes à qualquer hora do dia. Pois é, em se tratando de beija-flores é bom ter uma máquina de qualidade, especialmente para fotógrafos amadores. Uso a DSC-Hx300v da Sony, compacta mas eficiente. Já vi indicações dela num site de Birdwatching. As máquinas profissionais têm custo mais elevado, mas dispõem de mais recursos e permitem a troca de lentes.

5 - Investir em maciços de floríferas atrativas. É mais fácil atraí-los com maciços floríferos do que com espécies isoladas. Entretanto não deixe de cultivar floríferas variadas para garantir a visita de várias espécies de beija-flores. O "tesoura" e o "orelha violeta" por exemplo, gostam de flores como a Russélia, Brinco-de-princesa e a Grevílea, já o verde-e-branco que é uma espécie menor, é apaixonado por lavandas!

6 - Sutileza. Ao avistar uma ave comece a tirar as fotos mesmo de longe e vá se aproximando aos poucos sem movimentos bruscos.

 Agora é só aproveitar as dicas e boa sorte!

Beija-flor-verde-e-branco o "mini" que gosta das lavandas...


Beija-flor-de-orelha-violeta o "dócil" que gosta das Russélias...


Beija-flor-tesoura o "briguento" que gosta das tubulares e ricas em néctar...


Beija-flor rabo-branco-acanelado com as espécies nativas...

Continue lendo para saber mais sobre:


Siga o Jardinet nas redes sociais e fique por dentro das novidades com várias dicas de cultivo!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...